A Clockwork Apple

It’s the way that we rock when we’re doing our thing….

Posted on: Fevereiro 5, 2008

Cabelo

Atenção, vão reparar num upgrade do blog, assim que lerem o post!

Já repararam que a boa educação/simpatia nos obriga, por vezes, a mentir às outras pessoas? Não estou a falar de quando alguém troca de penteado e dizemos que fica muito bem, ou quando estamos atrasados e avisamos que estamos quase a chegar, quando na verdade estamos à procura das chaves do carro enquanto lavamos os dentes, com os cordões desapertados (isto são exemplo escolhidos ao acaso). Eu estou a falar de situações muito mais graves do que estas, e eu passo e explicar o que quero dizer…
O conceito de “marcar hora” nalgum estabelecimento , seja cabeleireiro, dentista, dermatologista, etc é um bocado esquisito não é? Porque raramente estamos mesmo a marcar uma hora, é mais marcar um dia, na verdade estamos a marcar na cadeira da sala de espera a forma do nosso traseiro, enquanto esperamos para ser atendidos!

O que me acontece muitas vezes é o seguinte: ligar para um estabelecimento, marcar uma hora, desligar o telefone e dez minutos depois perguntar a mim mesmo qual era a hora final que se tinha decidido. Claro que depois tenho uma certa vergonha de voltar a ligar para lá, passado tão pouco tempo, e mostrar à funcionária que enquanto estavamos a discutir sobre qual era a melhor hora, eu estava ocupado com outra coisa qualquer, mais propriamente em desviar-me dos carros enquanto atravessava a rua a correr….claro que o barulho dos carros a passar também não ajudou no acerto da hora.
Nesta altura de dúvida entre duas horas tomo a atitude “Aha! Vou optar pela hora mais tardia, assim desta vez são eles a esperar por mim!”. Claro que não serviu de nada, quando cheguei ainda tinha 2 pessoas à minha frente para cortar o cabelo…

Chega então a falsidade, preparados? Aqui vai: o cabeleireiro cumprimenta-me e diz “Vais ter de esperar um bocado tá? Um quarto de hora mais ou menos..”, e eu aceno e sento-me…Enquanto me sento estou a pensar “Este gajo, ou tem uma lata enorme e está a mentir-me enquanto me olha nos olhos, ou então vou assistir aqui a um número único, em que uma única pessoa vai realizar cortes, que são consideravelmente elaborados, a dois clientes, em menos de vinte minutos!”.

A primeira hipótese revolta-me, mas quem é esta gente para brincar assim com o meu tempo? Quase de certeza que o conceito de 15 minutos deles é diferente do meu, será que vivem numa dimensão paralela em que o tempo anda 4 ou 5 vezes mais rápido do que no mundo real? Será que, e isto sou só eu a imaginar, não me podiam ter dito que era melhor marcar noutra hora quando liguei para lá? Ou então secalhar estou a interpretar mal, e ao marcar hora querem dizer “marcar A hora anterior à qual eu vou ser atendido realmente”!

A outra hipótese, mais remota, leva-me a observar o modo como o cabeleireiro se move e, a julgar pela média de cabelos que caem ao chão por minuto, duvidar muito seriamente quanto à noção que ele tem das suas próprias capacidades! Não que critique o seu cortar de cabelo, apraz-me muito (obrigado ao meu amigo Ruben por me incutir novos verbos)!

Bem, peço desculpa, eu ia falar de música….e vou. Mas não se preocupem, não me vou alongar, já bastou o pensamento profundo e longo deste post.
Já tive a dar umas ouvidas no novo CD da Lauryn Hill, Ms Hill, que é mais uma colectânea com uns sons novos, mas não é dela que vou falar, mas sim deles: The Fugees! É verdade, enquanto ouvia o novo da Lauryn, recordei o seu primeiro álbum a solo (The Miseducation of Lauryn Hill) e também o álbum The Score dos Fugees.
Letras muito boas, batidas simples mas envolventes, vozes roucas e melodiosas na mistura certa, não é por acaso que este álbum é dos mais sucessos no que diz respeito a álbuns de Hip Hop!

Mesmo sem saber, já muita gente abanou a cabeça ao som das suas versões de No woman, no cry, Killing me softly ou Ready or not, mas Fugees não é “só” isso!
Quem ouvir o álbum, não pode falhar a Fu-Gee-La, The Mask, How Many Mics e Zealots!

Ready or Not….The Score!

Ok, não resisto em pôr aqui o vídeo da Fu-Gee-La….

Para quem não deu conta no upgrade do blog, agora utilizamos as letras em itálico quando nos queremos referir a nomes de músicas e álbuns, em vez de aspas.
A Clockwork Apple, sempre a melhorar por vocês!

Carbono

4 Respostas to "It’s the way that we rock when we’re doing our thing…."

Who ARE these people??

What’s the deal with Hairdressers??

txxi fugees faz lembrar aquele canal de música alemão VIVA

LOOOL!!!

Por acaso já me perguntava quando é que mudavam as aspas para itálico…já andava a pensar nisso há uns tempos…mas também, enquanto se espera 2 horas para ser atendido no dentista/cabeleireiro tem-se tempo para pensar em muita coisa que n interessa para nada…;p

Fugees, mt bom, que saudades…=)

Fil tha breize frum tha siiii

ah?

ah, não era prei comaintour..sói teiva a cantoir um bocodeito

very nicenetys

Às tantas o melhor é fazer como eu e cortar o cabelo em casa. Só tenho de telefonar a mim próprio (mentalmente, nem sempre sou tão psicótico que telefone REALMENTE a mim mesmo) e marcar hora. Se por acaso chegar a hora marcada e não me apetecer também não há crise, porque tanto não apetece ao barbeiro como ao cliente, numa relação de cumplicidade mutua que não é habitual (espero) neste binómio.
E marco hora para o dia seguinte, ou para dali a 1/4 de hora ou para quando acabar a serie que estou a ver. E o barbeiro espera. Porque também não atende mais nenhum cliente.

As coisas simples são o melhor da vida.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Contactos/Subscrição

Subscrever iTunes HDSubscrever iTunes iPod

Calendário

Fevereiro 2008
M T W T F S S
« Jan   Mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829  

Visitas

  • 17,193 hits

Categorias

%d bloggers like this: